Editora de Cultura

Autor e ilustrador: Ivo Minkovicius

ISBN: 9788529301662
Assunto: Infantis e Juvenis
Edição: 1ª Edição - 2013
Páginas: 28
Formato: 20 x 20 cm.
Acabamento: Lombada canoa

Sinopse:

Trocando uma letra, pode-se mudar uma palavra. Tente fazer, é divertido! Um rato, com “g” no lugar do “r” vira um gato. Um prato sem “p” é um rato. São tantas as variações! É só ir trocando para descobrir!

 

 

Projeto pedagógico para leitura

 

 Estrutura da obra O livro tem 28 páginas coloridas. Cada pequeno texto tem ilustrações que lhe são pertinentes. No final, a proposta do início, de se trocar letras e formar outras palavras, pode se tornar o primeiro passo para a invenção de uma história. Pré-leitura Uma atividade que anteceda o livro pode ser aquela de formar palavras novas mudando uma letra ou outra de alguma palavra padrão. Este exercício pode ser feito individualmente (cada aluno recebe uma folha), ou com a participação de todos, quando o professor usaria o quadro. Por exemplo: “casa”. Que modificações a palavra pode sofrer tirando-se ou acrescentando-se letras? O professor pode deixar algumas letras ao redor da palavra, as quais podem também vir a ser usadas. Assim, teríamos: “asa”, “brasa”, “casar”, “assa”, etc. Em seguida, ele pode apresentar a capa do livro e indagar sobre seu título. O que quer dizer “Tira letra, letra põe”? Será um jogo?  

 

 

 

Leitura – texto e imagem O professor fará a leitura de cada trecho até o final do livro. Pode parar um pouco em cada ilustração e também tentar perceber se os alunos conseguem entender que as palavras originais, ao sofrerem modificações, acabam por produzir novos sentidos. Pós-leitura O pós-leitura é a etapa mais demorada do trabalho com este livro. Aqui, o professor pode retrabalhar cada uma das partes textuais, de forma separada. Em seguida, passará a diversas atividades ligadas a brincadeiras com palavras, algumas das quais exemplificaremos a seguir.

 

Projeto Atividade Brincadeiras com Palavras A partir deste livro, o projeto que sugerimos é de uma coleção de brincadeiras com palavras. Podem ser cantigas de roda, parlendas, brincadeiras de rua e pátio. Ao mesmo tempo, pode-se transformar todo o processo em um excelente projeto para se unir gerações, uma vez que os pais e avós podem participar. Para finalizar, o professor escolhe um dia recreativo para que as brincadeiras sejam feitas na escola. Vamos deixar algumas destas brincadeiras como ponto de partida: A senha é... O objetivo é que duplas de alunos acertem a palavra mágica ou a senha, com o mínimo de dicas possíveis. Estas dicas consistem em outras palavras que podem se associar à palavra inicial. Escreva várias palavras em pedaços de papel e coloque-as dentro de um saco. Um dos componentes da dupla dá as dicas e o outro adivinha a senha. Quem começa a dar dicas retira uma senha do saco e a lê mentalmente. Depois, de frente para o parceiro, fala palavras – mas uma por vez – que possam se associar à senha. Por exemplo, se a senha for “cachorro”, a dica pode ser “animal”, “patas”, “late”. O parceiro tem até três dicas para acertar a senha. Cada palavra certa vale um ponto e a cada erro a dupla passa a vez para outros dois jogadores. Palavras cruzadas Três pessoas ou mais fazem uma roda e escolhem uma letra do alfabeto. Depois, elas têm que jogar uma bola uma para outra, dizendo palavras com a letra escolhida. Quem errar sai da roda. Ganha quem ficar por último.

 

 

Parlendas As parlendas são formas literárias de origem oral que costumam ser recitadas em brincadeiras de crianças. Algumas parlendas são muito antigas e fazem parte do imaginário brasileiro. Elas podem ser utilizadas em sala de aula, propiciando aprendizagem e divertimento. Em geral, elas permitem que os alunos desenvolvam a memorização, a capacidade de associação e noções de rimas. Veja o exemplo abaixo: Um, dois, feijão com arroz. Três, quatro, feijão no prato. Cinco, seis, chegou minha vez Sete, oito, comer biscoito Nove, dez, comer pastéis. A partir de uma parlenda como esta, os alunos podem fazer variações rimadas. Um, dois______________. Três, quatro, _____________. Cinco, seis, _____________ Sete, oito, _______________ Nove, dez, ______________.

 

 

Como parte do projeto, trava-línguas também poderão ser usados em diversas atividades. Os trava-línguas são formadas por conjuntos de palavras que, juntas, em uma mesma frase, se tornam difíceis de serem pronunciadas. Essa manifestação popular acaba sendo uma forma de brincadeira em que os envolvidos repetem por várias vezes a mesma expressão. Exemplos de trava-línguas: Pedro tem o peito preto, O peito de Pedro é preto; Quem disser que o peito de Pedro é preto, Tem o peito mais preto que o peito de Pedro. A vaca malhada foi molhada por outra vaca molhada e malhada. Pinga a pipa dentro do prato. Pia o pinto e mia o gato. O rato roeu a roupa do rei de Roma. Pinga a pia apara o prato, pia o pinto e mia o gato.

 

 

 

 



 

Tira Letra, Põe Letra

REF: 9788529301662
R$29,00 Preço normal
R$21,75Preço promocional