Todos queriam que Juliana crescesse. Comer para crescer. Dormir para crescer.

E Juliana cresceu. Aos cinco anos era maior que todas as crianças. Aos doze era muito, muito alta.

Era útil na cozinha. Sem levantar os pés, alcançava os pratos, potes e copos da mais alta prateleira.

Nunca mais ouviu que era bonita, magra e alegre. Odiou ser alta. Andava encurvada para não chamar a atenção.

Ouvia os cochichos: girafa, escada...

Só lhe restava chorar e se perguntar por que era tão alta. Tão cheia de tristeza, pôs em prática o ditado: "quem canta seus males espanta".
E gostou de sua voz, de seu jeito de cantar. Era tão novo e tão belo seu cantar que até os passarinhos a imitavam. Sentiu-se lisonjeada com tamanha homenagem. Cantou cada vez mais alto. Até que todos a ouviram e agora as pessoas só falam de sua voz bonita, de sua voz de anjo.

A Menina Alta

SKU: 9788567789040
R$43,00 Preço normal
R$35,69Preço promocional
    • Editora ‏ : ‎ Mercuryo Jovem; 1ªª edição (1 janeiro 2010)
    • Idioma ‏ : ‎ Português
    • Capa comum ‏ : ‎ 56 páginas
    • ISBN-10 ‏ : ‎ 8567789044
    • ISBN-13 ‏ : ‎ 978-8567789040
    • Dimensões ‏ : ‎ 29.4 x 20.6 x 0.6 cm
  •  por Fabricio Carpinejar (Autor)